Translate

segunda-feira, 31 de março de 2014

O Mainframe e os 'MACS'

A indústria de TI,  de certa forma, é similar a indústria da moda, frequentemente surgem tendências para 'aquecer' o mercado.   Isso não quer dizer, de forma alguma, que essas tendências não tem razão de ser e que são apenas invenção dos fornecedores, longe disso.  Essas tendencias surgem pela evolução natural da tecnologia,  aliada a necessidade e problemas enfrentados pelo mercado.



Atualmente existem quatro grandes 'modas'  aquecendo o mercado de TI, que são Mobile, Analytics, Cloud e Social , que aqui chamaremos todas juntas de MACS, conforme sigla que eu criei há mais de um ano no blog 'Valor da TI', também de minha propriedade.

O Mobile surgiu com a febre dos Tables e dos Smartphones,  abrindo a oportunidade de se usar esses dispositivos para as tarefas que anteriormente se executavam com os desktops e laptops.  É claro que a grande atratividade desses dispositivos e' a sua mobilidade e acesso contínuo a Internet, abrindo caminho para novos modelos de negócios, denominado de m-Business,  similar ao que foi o e-Business nos primórdios da Internet, com a diferença de que os dispositivos móveis tem muito mais capilaridade e penetração na sociedade.

O Analytics é a evolução do Business Inteligence (BI), que passa da tomada de decisão reativa, baseada em análise de dados históricos,  para uma tomada de decisão pro-ativa,  baseada em modelos matemáticos gerados sobre dados históricos integrados com diversas fontes de dados processados real-time.  É a forma de se extrair valor do Big Data, que tanto se fala hoje.

É uma mudança substancial na forma como as empresas tomam decisões e como lidam com seus clientes, e também é um novo modelo de processamento de dados, diferente do que existiu até então.

É claro que o Analytics ainda esta em sua infância, pois requer grandes transformações nos processos de negócios das empresas, requer novas tecnologias de HW e SW e requer novo perfil de profissionais, que são os Data Scientists , profissionais esses com forte base de conhecimento em estatística, matemática e os respectivos SW's especislistas do mercado, aliado ao conhecimento do negócio da empresa e do mercado onde esta se situa.  

O Cloud , já nem tão novidade assim, e' o conceito de se virtualizar a infra-estrutura de TI com facilidades de provisionamento dinâmico dos recursos e modelo de pagamento por uso.  É a evolução do modelo tradicional de Outsourcing , quando se trata de uma Cloud pública ou a evolução do modelo tradicional de DataCenter, quando se trata de uma Cloud privada.   Em ambos os casos, trata-se de uma evolução no uso, provisionamento, custeio e nível de serviço providos pelas empresas a seus usuários de TI.

E por último o Social , que diz respeito a questão das redes sociais, fenômeno introduzido pelo Facebook e que as empresas buscam alavancar seus negócios através da participação e interação com essas redes.

O Facebook é a rede mais proeminente entre todas, Benchemark da indústria, mas não é a única, inclusive existem soluções que permitem as empresas criarem as suas próprias redes sociais, para uso de seus funcionários e/ou parceiros de negócios numa Intranet.  

Dito isso tudo, de forma muito sumarizada, a questão que surge é Como o Mainframe System z se posiciona diante do MACS ?

No que diz respeito a soluções de mobilidade (Mobile), o grande valor do Mainframe é se abir para esse novo mundo e possibilitar a integração com os dispositivos móveis, de modo a que as aplicações tradicionais CICS e IMS ,  escritas em Cobol ou outras linguagens, possam ser acessadas e/ou integradas com aplicativos planejados para esses dispositivos.

É como aconteceu com a Internet, as empresas queriam abir seus processos de negócio para o novo mundo, integrado as novas tecnologias com o seu legado.

O Analytics tem uma grande afinidade com o Mainframe, considerando-se que grande parte das empresas mantém suas bases de dados corporativas transacionais e sua aplicações transacionais no Mainframe e essas duas componentes, dados e transações, formam a base para os processos de Analytics, como por exemplo, prevenção a fraude,  governança corporativa, gestão de clientes e análise de desempenho de negócios.

Em termos de Cloud, o foco dos provedores de soluções tem sido mais relacionados aos ambientes operacionais z/VM (Virtualização) e Linux for System z, onde o Mainframe esta sendo posicionado tanto como gerenciador de um ambiente Cloud  multi-plataforma, como também esta sendo capacitado com a parte de provisionamento e custeio dinâmico.

E por último o Social.   Bom penso que nesse quesito o Mainframe não tem nada de particular que possa agregar e seria melhor usar o 'S'  de MACS para Segurança, faria muito mais sentido.

Mas é bom ressaltar que nada impede de se usar o Mainframe para suportar uma solução de rede social com milhões de usuários, com total segurança,  escalabilidade e integrada aos processos corporativos.
Tem empresas fazendo isso.